Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AS MINHAS VIAGENS

AS MINHAS VIAGENS

SÃO MARTINHO DO PORTO – A MAIS BELA BAÍA DE PORTUGAL

07.06.20 | António Lúcio / Barreira de Sombra

IMG_2678.JPGPortugal tem uma vasta costa virada para o Atlântico, uma fronteira única e com locais de rara beleza e onde as famílias podem desfrutar de momentos únicos. A pouco mais de 1h de distância de Lisboa e 2h do Porto, via A1 e A15 ou via A8, a localidade de São Martinho do Porto está encaixada numa elevação com as vivendas a conquistarem o espaço mais elevado e as outras construções na zona baixa, ao longo da marginal que circunda esta belíssima baía, que em 2015 foi considerada pelo site de viagens eDreams como a melhor praia familiar.

De acordo com a Wikipédia, “São Martinho do Porto é uma freguesia do concelho de Alcobaça, no Oeste português, com 14,64 km² de área e 2 868 habitantes (2011)

A região constituída pela serra da Pescaria e pela serra do Bouro constituiu, em tempos geológicos, uma única ilha. Tendo se dividido, deu origem à baía de São Martinho do Porto.

Em tempos históricos, a povoação é mencionada pela primeira vez referida em uma Carta de Foral passada em 1257 por Frei Estevão Martins, 12o abade do Mosteiro de Alcobaça. A baía foi porto de mar dos coutos de Alcobaça, onde se desenvolviam atividades ligadas à pesca e à construção naval. Foi vila e sede de concelho até 1855. Era constituído inicialmente apenas pela freguesia da sede e tinha, em 1801, 932 habitantes. Em 1839 foram-lhe anexadas as freguesias de Alfeizerão, Salir do Porto e Serra do Bouro. Tinha, em 1849, 3 596 habitantes.”(1)

O nosso percurso iniciou-se no miradouro de Salir do Porto, paredes meias com a magnífica baía, de onde se pode admirar uma das mais belas vistas de São Martinho do Porto, e da grande Duna de Salir com uma altitude de aproximadamente 50 metros por 200 metros de comprimento e que chegou a ser uma das maiores da Europa e que a seus pés tem a foz do Rio Tornada. Uma série de passadiços em madeira permite chegar facilmente á base da duna.

Seguindo para a vila e a circular pela marginal, com uma ciclovia e bons passeios, podemos atingir o porto que fica zona mais a norte/noroeste da baía e onde existe um Túnel que nos permite passar da calmaria das águas da baía às águas mais agitadas do Oceano Atlântico. Há que visitar também a Igreja Matriz, do século XVIII e a Capela de Santo António.

Subindo pelo lado Norte de São Martinho do Porto, rapidamente atingimos o Miradouro onde se contra o pelourinho com as armas da localidade. E daí a vista é verdadeiramente deslumbrante: não só sobre a baía de São Martinho e as arribas que fazem a abertura ao mar oceano, como, para Sul, estendendo-se até Peniche e ao arquipélago das Berlengas, como para Norte até à bela praia da Nazaré. A meio fica a Praia da Gralha onde se pratica parapente e asa delta como tivemos oportunidade de presenciar.

Relativamente perto também fica a sede de Concelho, Alcobaça, com o seu convento e a sua doçaria e ainda os seus roteiros turísticos com destaque para o romântico dedicado á história de Pedro e Inês.

A gastronomia é vasta e bem servida por um conjunto de restaurantes para todos os gostos e carteiras.

Visite São Martinho do Porto e desfrute da beleza de uma baía única e do seu vasto património turístico.

 

Textos: António Lúcio e (1) in Wikipédia

Foto: Dina Pelicho