Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AS MINHAS VIAGENS

AS MINHAS VIAGENS

PARQUE TERMAL DA CURIA – PARA RELAXAR E DESFRUTAR DE UM LOCAL ÚNICO

14.11.21 | António Lúcio / Barreira de Sombra

IMG_5202.JPG

Num dos nossos programas de fim-de-semana, rumámos até ao Centro de Portugal, um pouco a norte de Coimbra e descobrimos a Curia e o seu espaço termal e um parque, o do Hotel das Termas, que é um pequeno grande paraíso com uma envolvência florestal e um lago únicos, com alamedas de árvores, algumas delas centenárias e que, em pleno outono, nos presenteiam com uma paleta de cores verdadeiramente únicas e espectaculares.

De acordo com o seu sítio da internet (www.termasdacuria.com/parque-da-curia) “para além do seu património arquitetónico que reflete o esplendor dos anos 20, é único na sua envolvência natural, com uma área verde de 14 hectares de árvores centenárias e com um lago artificial de 1 km de perímetro. O Parque da Curia totalmente plano, convida a passeios fantásticos em pelo contato com a natureza, desfrutando de um descanso ativo.

O parque das Termas da Curia está classificado pela Associação Portuguesa de Jardins Históricos.

E é bem verdade, pois o local é idílico, com recantos que apelam ao lazer, ao desfrutar da natureza, ao romance. E a música com que fomos recebidos ajuda, ainda mais, a esse relaxamento que procuramos para fugir do stress do dia a dia, do ritmo frenético em que vivemos. Entrar ali significa, desde logo, um encontro com a natureza que propicia uma paz de alma, um despertar dos sentidos para a paz e o ar puro e pleno de diferentes essências e odores propiciados pela enorme variedade de espécimes que povoam o espaço.

O parque termal da Curia dista 108 km do Porto e 230 Km de Lisboa e tem múltiplas valências em seu redor.

Textos: António Lúcio e www.termasdacuria.com/parque-da-curia

Fotos: António Lúcio