Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AS MINHAS VIAGENS

FLUVIÁRIO DE MORA: UM PERCURSO DIDÁTICO PELA FAUNA DOS RIOS

01.06.24 | António Lúcio / Barreira de Sombra

IMG_5495.JPG

Se pretende conhecer um pouco mais da vida nos rios, desde a nascente até à foz, aconselhamo-lo a visitar o Fluviário de Mora, inaugurado em 2017 (cumpre 7 anos de existência) e que lhe irá permitir ficar a par dos ecossistemas de água doce, recriando esta vertente do universo aquático.

No site do Fluviário é feita a seguinte apresentação: in Fluviário de Mora (fluviariomora.pt)

“O Fluviário de Mora é um aquário público principalmente dedicado aos ecossistemas de água doce, privilegiando o seu conhecimento em termos de biodiversidade, a importância de rios, lagos e outros cursos naturais de água doce e a sua relação com a humanidade.

Foi inaugurado a 21 de Março de 2007 e ao longo da visita ficará a conhecer algumas das espécies dulciaquícolas de Portugal da nascente até à foz, e chegando ao oceano, outras que ocorrem na Península Ibérica, e também da bacia hidrográfica do rio Amazonas, dos grandes lagos africanos do vale do Rift e, também, da Ásia.

Com a água doce como tema transversal a diversas áreas de conhecimento e culturas, a visita a este aquário é um local de sensibilização para cuidarmos desses ecossistemas que albergam uma enorme diversidade, apesar da água doce disponível em estado líquido à superfície constituir uma percentagem ínfima de toda a água do planeta Terra.”

São cerca de 620 exemplares de um total de 67 espécies, algumas delas originárias dos nossos rios, outras da Península Ibérica e outras ainda do Amazonas, de África e Ásia. O percurso, como não podia deixar de ser, começa na nascente do rio e vai até às zonas mais exóticas onde os peixes multicoloridos enchem o último grande aquário.

O Fluviário encontra-se inserido numa zona rural, o Parque Ecológico do Gameiro em Cabeção (concelho de Mora) e o horário diário é das 10h às 19h. Possui condições excelentes para pessoas com mobilidade reduzida e utilizadores de cadeiras de rodas.

A nossa fotorreportagem abarca todo o percurso, exceptuando a zona das lontras as quais não estavam visíveis nos seus espaços.

Como chegar ao Fluviário de Mora. “O Fluviário de Mora situa-se no Parque Ecológico do Gameiro em Cabeção, Concelho de Mora.

Na área envolvente ao Fluviário de Mora, poderá encontrar uma praia fluvial, uma zona de lazer, bar e um passadiço com uma distância de 1.8km.

Mora fica a 110 km de Lisboa, 57 km de Évora, 22 km de Montargil e a cerca de 100 km de Badajoz.” In, Fluviário de Mora (fluviariomora.pt)

Depois da visita deslocámo-nos até Pavia onde almoçámos no "Forno do Ti António", uma boa escolha, pelo ambienet acolhedor, bom serviço e qualidade da comida. Optámos migas de espargos e carne do alguidar, aveludadas e sem excesso de gordura as primeiras e bem frita e sem tempero excessivo a carne. Veio ainda uma pequena dose de legumes salteados. As entradas era de nível. Para rematar, uma mousse de chocolate e uma sericaia, antes do bom café. A revisitar.

Texto: António Lúcio e fluviariomora.pt

E ao almoço...

 

Fotos: António Lúcio e Dina Pelicho