Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AS MINHAS VIAGENS

AS MINHAS VIAGENS

EM MAFRA PARA ALÉM DO PALÁCIO… O FESTIVAL DO PÃO

Avatar do autor António Lúcio / Barreira de Sombra, 13.07.19

Mafra pode orgulhar-se do feito de ter um Palácio que conquistou o direito a ser Património Mundial da Unesco, da sua Tapada Nacional e das magníficas praias da Ericeira, mas também do seu pão, o Pão de Mafra, de uma qualidade muito acima da média, e cujo festival termina este fim de semana no extraordinário espaço que é o Jardim do Cerco, paredes meias com as do Palácio Nacional e que serviu de inspiração ao nosso prémio Nobel da Literatura José Saramago para “Memorial do Convento”.

 

O Jardim do Cerco é um espaço florestal com muitas variedades de árvores, muito bem conservado, com um lago, uma cisterna onde se mantém muito bem conservada a nora, espaços para os mais pequenos e para os menos jovens poderem desfrutar da natureza, bem perto da cidade. É neste espaço que se encontram mais de 50 expositores de diversas áreas, com destaque para a parte agrícola (os morangos do Sobral da Abelheira são de nota 5), olaria (ou não fosse José Franco e a sua aldeia típica do Sobreiro um ícone desta área), cestaria de vime e junco e, como não podia deixar de ser, o pão e a doçaria regional a marcarem forte presença.

 

Num dos espaços junto ao Palácio está patente uma mostra de alfaias agrícolas com mais de 50 anos de vida, tractores de várias marcas e modelos, uma debulhadora, ceifeiras, enfim, um conjunto de maquinaria que os mais jovens não conheciam e nunca viram laborar e que muitas recordações trarão aos que já viveram mais de meio século.

Texto e fotos: António Lúcio