Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AS MINHAS VIAGENS

HISTÓRIAS DA MINHA INFÂNCIA E JUVENTUDE (10)

DE TÁXI PARA A ESCOLA PRIMÁRIA

19.12.22 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Cresci nos Cachimbos e a Escola Primária de Almargem foi onde me iniciei nas lides escolares e que frequentei até à 3ª classe. Gostava da escola, tinha colegas mais velhos que não transitavam de ano, tínhamos a D. Felisbela, da Seramena, a dar-nos catequese na escola e na igreja de Santo Quintino…

Um dia a professora que tínhamos foi embora e para a substituir foi enviada para o Almargem a D. Eduarda Pereira, açoriana dos 4 costados, e que leccionava também na Escola Tenente Coronel João Luís de Moura em Sobral, onde eu concluiria os estudos com o exame da 4ª classe, ano em que deixei o Almargem para vir para o Sobral.

Pois bem, quando soube da troca, decidi fazer uma birra terrível, não queria mudar de professora – como se isso dependesse de mim… - o que fez com que a minha mãe tivesse de me levar à escola e falar com a D. Eduarda.

A partir dessa conversa, a D. Eduarda, que ia para Escola no táxi do Sr. Patrício, passou a dar-me boleia todos os dias, o que me fez sentir muito importante. De bata/bibe branco, á porta de casa nos Cachimbos, lá estava eu à espera que o táxi do Sr. Patrício aparecesse.

A D. Eduarda falava bastante comigo e foi um verdadeira inspiração para toda a minha vida, pelo que me ensinou, por me ter feito compreender que é necessário ser coerente e consequente, saber tomar as nossas decisões devidamente ponderadas, e por me ter incutido gosto pelo conhecimento, pela leitura, pelo estudo, para poder estar sempre um pouco mais além. E pelo sentido crítico e de proximidade com os outros. Ensinou-me imenso e sempre tive isso em consideração, nutrindo uma amizade muito interessante.

Em 1971 eu era um verdadeiro privilegiado pois era o único aluno da Escola Primária do Almargem que ia de táxi na companhia da professora para as aulas…

António Lúcio

Sobral de Monte Agraço, 19 de dezembro de 2022