Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

AS MINHAS VIAGENS

AS MINHAS VIAGENS

SOBRAL DE MONTE AGRAÇO COMEMOROU DIA NACIONAL DAS LINHAS DE TORRES

20.10.19 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Este domingo, 20 de Outubro, foi o "Dia Nacional das Linhas de Torres, evento criado há 5 anos e que, pelo segundo ano consecutivo juntou em Sobral de Monte Agraço muitos dos grupos que fazem a reconstituição histórica deste importante momento da História de Portugal, as Invasões Francesas, que, sob o comando do general Massena foram travados e derrotados nas Linhas de Torres, idealizadas pro Wellington e concretizadas por Fletcher com os habitantes desta região que vai de Alverca e Torres Vedras em pouco mais ou menos um ano,

Este ano houve lugar a escaramuças na praça Dr. Eugénio Dias e nem a chuva deixou de marcar presença com duas fortes bátegas.

 

COUDELARIA DE ALTER – PRESERVAR UM IMPORTANTE PATRIMÓNIO GENÉTICO

13.10.19 | António Lúcio / Barreira de Sombra

O NOSSO PERCURSO DE VIAGEM

Saindo da zona de Lisboa, pode atravessar a Ponte Vasco da Gama, e em Alcochete apanhar a direcção Infantado, seguindo em direcção a Coruche (arreadores), Couço, Mora, Pavia, Avis e atingir Alter do Chão em pouco mais de 2 horas, desfrutando de paisagens de muito interesse.

Se viajar de Norte, saia da A1 no nó de Torres Novas em direcção à A23, Abrantes e siga na direção Portalegre. Todo o percurso está muito bem assinalado.

Ainda antes de chegar a Alter do Chão, vai encontrar a bela vila de Avis e que vale bem uma visita.

Logo à saída pode ver a barragem do Maranhão, com os níveis de água extraordinariamente baixos, e os enormes olivais que preenchem a região. Não perca a oportunidade para uma refeição com pratos tipicamente alentejanos.

A VILA DE ALTER DO CHÃO

O concelho de Alter do Chão pertence ao distrito de Portalegre e à região do Alto Alentejo, contando com cerca de 2500 habitantes na Vila e mais cerca de 1000 distribuídos pelo restante concelho, dividido em 4 freguesias.

Tem um importante património histórico de onde se destacam

A COUDELARIA

Criada por D. João V, a Coudelaria de Alter é, hoje mais do que nunca, uma reserva única do importante património genético que é o cavalo Lusitano. Visitar este espaço impunha-se para podermos ter uma melhor percepção do que é o espaço e de como se preserva tão importante património genético e imobiliário.

As condições são excelentes, num espaço de cerca de 800 hectares, agora gerido pela Companhia das Lezírias, depois de várias gestões e vicissitudes ao longo destes mais de 2 séculos de história.

A Coudelaria de Alter via dispor, em breve, de dois núcleos hoteleiros do Grupo Vila Galé, que complementam o espaço por onde se pode passear pacatamente, ver os poldros, os cavalos lusitanos, os Sorraia e árabes e a Casa dos Trens, podendo ainda fazer marcações para passeios a cavalo, de atrelagem e respetivos batismos.

 

 

As visitas têm início às 11 e às 15 horas.

No site do Turismo de Portugal podemos encontrar o seguinte texto: ”Coudelaria de Alter do Chão

Circuitos e Serviços de Turismo

Ao entrar na Coudelaria de Alter, Coudelaria Nacional, entra no reino do puro cavalo Lusitano. 

São 800 hectares de uma propriedade de paisagem deslumbrante, dedicada à nobreza do Lusitano. Foi nesta antiga Coudelaria Real, fundada em 1748 e tendo por objetivo preparar cavalos para a Picaria Real, que por vontade do rei D. João V se iniciou a sua produção. "Que se conserve sempre pura esta raça", ordenava-se no reino em 1812. Depois de alguns percalços dos tempos, a Coudelaria está revitalizada, mas não pense que virá aqui só para ver a digna raça equídea. 

Aproveite para ter lições de equitação ou passear em carro de cavalos, para ver os potros e as éguas a pastar, para visitar os picadeiros, as cavalariças e o Museu, onde pode aprender tudo sobre a criação dos cavalos nacionais. 

Num passeio pelas instalações pode apreciar, logo à entrada, em painéis evocativos, a história da coudelaria. Nas cavalariças, admire a altanaria do cavalo Lusitano, ferro Alter Real, aprendendo como se tornam garanhões de excelência e Cavalos de Alta Escola para serem montados pela Escola Portuguesa de Arte Equestre. 

Não esqueça a Casa dos Trens, com a sua coleção de carros de cavalos, objetos relacionados com a arte da coudelaria. 

Pode aproveitar e ficar instalado na Casa de Campo. 

A não perder também a emblemática "saída da eguada", momento diário em que todas as éguas saem para a pastagem. 

Contactos

 

Morada: Tapada do Arneiro - Apartado 80
7440-152 Alter do Chão

Telefone: +351 245 610 060

Fax: +351 245 610 090

E-mail: geral@alterreal.pt

Website: http://www.alterreal.pt

 

in, https://www.visitportugal.com/pt-pt/content/coudelaria-de-alter-do-chão

 

Texto: António Lúcio e fontes identificadas

Créditos fotográficos: António Lúcio e Dina Pelicho

Outubro 2019

 

 

AS FOTOS DA SEMANA DO MAR2019 EM SETUBAL

02.10.19 | António Lúcio / Barreira de Sombra

Fotos: A.Lúcio / Dina P.